Sentry, o Primeiro Super-herói da Marvel (ou não?)

gibi sentinela hq jae lee arte paul jenkins sentry

A mini-série de 2000, roteirizada por Paul Jenkins e desenhada por Jae Lee, onde nos apresentam Sentry, o primeiro super herói da Marvel (ou não).

Essa dupla, que já tinha se consagrado com a mini-série dos Inumanos, vieram confirmar que era afinada mesmo.
Trabalhando juntos a ideia originalmente oferecida para a Vertigo quando Jenkins era roteirista de Hellblazer e depois para a Marvel, quando este fazia freelances para a editora e levou 10 anos para ver a luz do dia e sair da gaveta. 
oldie nerd sentry sentinela paul jenkins jae lee arte
Embora, posteriormente o personagem não fosse mais usado com tanto esmero, nessa mini-série de estréia é no mínimo sensacional. existem muitas  razões o porque ela merece seu precioso tempo e merece sair da pilha de leitura. 
Só não é mais reverenciada porque não é da Vertigo, nem tem o nome do Alan Moore na capa, porque se não, ia ter muita gente berrando que é um clássico.

Narrativa detetivesca e arte de cair o c#

oldie nerd sentry sentinela paul jenkins jae lee arte
A narrativa de Jenkins percorre muitas nuances e ao  longo da HQ, somos tomados, assim como o protagonista, por uma sensação de que algo no mundo está errado, e seguimos com ele em busca da verdade.
Paul Jenkins faz questão de deixar o leitor saber tanto quanto o personagem por algum tempo, de modo que viramos parceiros do herói na investigação e também seu confidente.
Não bastasse essa levada, o argumento como um todo, é bom demais assim como a arte de Jae Lee, que usa e abusa das múltiplas técnicas de desenho que domina, nos flashbacks percorre vários estilos que remetem a era de ouro e era de prata, com variações, desde o cartoon até o realismo. Em parceria com ele, nas cores, está o ótimo José Villarubia, com cores lindas em uma técnica de aquarela (mas não tenho certeza, alguém sabe me dizer?).

Participações especiais

oldie nerd sentry sentinela paul jenkins jae lee arte

Sentry, como o mais antigo e importante herói do universo Marvel, não só conhece, mas muitas vezes guiou, e se tornou amigo dos maiores ícones do universo da editora. Vemos o Quarteto Fantástico, Hulk, Vingadores e o Homem-Aranha, aparecerem na história, muitas vezes encarnando suas primeiras versões, inclusive o Hulk meio Frankenstein.


Herói esquecido

oldie nerd sentry sentinela paul jenkins jae lee arteEm muitos momentos, durante a aventura, a história leva à acontecimentos editoriais 
e outros detalhes que o leitor mais antigo ou atento vai perceber, como se o Sentinela mesmo fala-se: "tem algo estranho aqui",  e mesmo fora dela, como por exemplo a entrevista com Stan Lee, que saiu nas originais e aqui no Brasil nas edições da Abril, atestando que Sentry era um personagem antigo da editora, que havia sido esquecido, e isto foi uma estratégia de marketing sem igual até hoje, envolvendo os criadores, o editor Joe Quesada a revista Wizard e até mesmo Stan Lee, que forjaram, que Sentry era mesmo um dos primeiros heróis criados na década de 60 por Lee e outro desenhista (também fictício).

Sentry hulk classico marvel oldie nerd sentry sentinela paul jenkins jae lee arteNão dá pra ignorar, a clara referência messiânica estilo Superman em Sentry, e como era de se esperar da Marvel, se ela tivesse que ter um Super-Homem, ele seria mais humano e cheio de falhas que o dá concorrente, traço comum aos seus primeiros personagens da década de 60. 



Uma HQ que Prende o leitor

oldie nerd sentry sentinela paul jenkins jae lee arte
A história caminha toda de maneira que prende a atenção demais, que fica impossível não percorrer as paginas com um sorriso no canto dos lábios.
Sentry é um daqueles gibis que fazem você lembrar o por quê gosta tanto da 9° arte. Essa mini-serie é mais do que recomendada, é obrigatória para quem gosta de HQs.

oldie nerd sentry sentinela paul jenkins jae lee arte

Gostou? Então, compartilhe a matéria e ajude esse "primeiro super-herói" Marvel a ser lembrado ;-p

0 comentários: