terça-feira, 20 de setembro de 2022

Café com Gibi 71: MSP Jeremias, Pele


Giovanni, Luciano Xaba e Lucantropus passam suas impressões sobre a Graphic Novel intitulada "Jeremias, Pele". 

INSTAGRAM:

 

  

    

Aí nerds malditos, gostaram?

E não esquece de comentar em algum lugar pra gente saber que tem alguém escutando essa bagaça, seu vagabundo...

E compartilha pra ajudar.

segunda-feira, 12 de setembro de 2022

ComicCon RS 2022 em 16 Fotos: Diversão, Cosplay e Lágrimas
Comic com rs, cosplay, fotos, oldie, nerd, renato canini, cris peter, gustavo, borges, daniel, hdr, grafar,

Na ComicCon RS deste ano foi, nas palavras de Daniel HDR, catártico. Encontros, Reencontros e muita emoção foram captadas pelas lentes da Oldie Nerd. 

Neste post selecionamos 16 fotos que representam um pouco do que foi o evento. 

Diversão nos painéis da CCRS 2022

No palco principal onde rolaram painéis temáticos, divertidos e reflexivos. Ouvimos histórias malucas dos bastidores dos Gibis (uma lenda das HQs autografando um salame?) um pouco da história da Grafar e seus criadores, lembranças sobre os 10 anos da Graphic MSP com Sidney Gusman...

SIDÃO "TRAVA NA BELEZA"

LENDAS VIVAS: SANTIAGO E EDGAR VASQUEZ 



"CAUSOS" DAS HQS



Tradição dos Cosplayers na ComicCon gaúcha 

Esse ano, como não poderia deixar de ser, os Cosplays voltaram com tudo!!! Destaque para o sempre presente e sinistro Darth Vader e (pra mim) o melhor do evento, o Aranha 2099.








Emoção e choro na entrega da medalha Renato Canini

No retorno da CCRS ocorreu a entrega da Medalha Renato Canini, homenagem entregue pelo evento para pessoas que contribuíram para o crescimento da 9° Arte.

Neste ano foram agraciados com a Medalha Renato Canini: em homenagem póstuma a Leandro Ribeiro (Geek mais Geek dos Geeks); 

O Designer Gráfico Luciano Maciel, pai da concepção visual da CCRS e os professores de design Zé Carlos Broch e Sid D'avila.

2 dos quadrinistas mais queridos do público Gaúcho também receberam a medalha, Cris Peter e Gustavo Borges, dupla criativa de Pétalas (Gibi indicado ao Prêmio Eisner).

Gustavo e Cris receberam a Medalha Renato Canini das mãos de Daniel HDR, que emocionado, se desmanchou em lágrimas no palco (junto com Gustavo Borges). 

Já está virando tradição HDR chorar na ComicCon RS. 



Viva a ComicCon RS!!! 

Que venha a próxima :-) 


sábado, 10 de setembro de 2022

Café com Gibi 70: ComicCon RS 2022


O Café com Gibi teve privilégio de cobrir mais uma vez a ComicCon RS. Nesse episódio: um panorama geral sobre o evento e entrevistas ecclusivas com Sidney Gusman (editor chefe da MSP) Daniel HDR (artista Marvel/DC e Émerson Vasconcelos (organizador da CCRS).
 

INSTAGRAM:



  

    

Aí nerds malditos, gostaram?

E não esquece de comentar em algum lugar pra gente saber que tem alguém escutando essa bagaça, seu vagabundo...

E compartilha pra ajudar.

 

terça-feira, 6 de setembro de 2022

ComicCON RS 2022: O retorno

ComicCON RS, ComicCON, quadrinhos,

É isso aí mesmo que o título diz, a ComicCom RS retorna para comemorar seus 10 anos de existência.

Dia 3 e 4 de setembro aconteceu o maior e mais esperar de evento do Rio Grande do Sul dedicado a Nona Arte.

A ComicCon RS retornou a seu estado físico após seu último evento há três anos atrás e isso estava sendo esperado por todos que aqui passeavam, vendiam, desenhavam e tudo que o bom nerd dos quadrinhos pode fazer.

Além do retorno, o evento estava de casa nova, e era evidente a alegria do organizador, e isso se refletia em quem se aproximava.


Durante o evento deu para sentir o misto de sentimentos e isso foi se comprovando ao longo dos dias, conforme íamos caminhando e conversando com o público e com os artistas.

Um ar de renovação, alegria de retornar ao evento físico e presencial, um reencontro com amigos, uma conexão mais próxima entre leitores e os artistas.

Os painéis todos muito bem estruturados trouxeram ao público que ali estava muitas histórias e informações, diversão e conhecimento, ouvimos histórias de bastidores momentos muito engraçados e é claro que sempre sobra espaço para os momentos emocionantes.


Foi com alegria que nós, do Oldie Nerd, retornamos a CCRS, e olhando para os rostos, até aqueles escondidos sob máscaras de proteção ou de seus cosplays, podemos ver os sorrisos, público, fã, leitor, nerd, estava eufórico em poder mais uma vez estar na presença de vários ídolos, e do outro lado, as estrelas, os artistas, comemorando o retorno do evento enquanto autografavam mais um Gibi.

Logistas conversavam e gesticulavam enquanto atendia mais um cliente, e mostravam seus produtos nessa grande vitrine.

Cosplays, com seus personagens de vários universos diferentes, editora "rivais" ou de mídias totalmente únicas, circulavam livremente como na imaginação de uma criança, e estavam lá, fazendo suas poses, gracinhas, interagindo e claro, tirando fotos com todos que pediam.


E por todos os cantos, lá estávamos nós, os criadores de conteúdo, era uma câmera pra lá, um microfone pro outro lado, uma sessão de fotos em outro canto, alguma entrevista sendo dada em algum lugar.

Estávamos todos lá.
Pra celebrar os quadrinhos, festejar com o retorno do evento, reencontrar amigos, conhecidos, artistas e tudo mais.

Agora, estamos aguardando o próximo ano, o próximo evento,  a próxima ComicCon RS, #ccrs2023.



sábado, 3 de setembro de 2022

Café com Gibi 69: Pauta livre

Lucas, Giovanni e Luciano Xaba divagam sobre o retorno do CCG.

E mais:
Quais séries na Marvel não gostamos?
Notícias inúteis
Anéis do poder ou casa do dragão?

Siga o Oldie Nerd nas redes:

INSTAGRAM:



  

    

Aí nerds malditos, gostou?

Então...

Siga alguns parceiros

Salvando Nerd 

Variações de um Nerd 

Coletive Arts

E não esquece de comentar em algum lugar pra gente saber que tem alguém escutando essa bagaça, seu vagabundo.

 


quinta-feira, 2 de junho de 2022

Os Leões de Bagdá, conheça o emocionante Quadrinho de Brian K. Vaughan

Quadrinho, leões, Bagdá,panini,brian, vaugh, oldie, nerd, review, politica, historia, iraque,guerra,


No ano de 2003, durante a invasão americana ao Iraque, tropas Americanas bombardearam várias cidades, entre elas é claro, Bagdá, capital do Iraque, e nesse processo, um alvo inesperado, o zoológico da cidade foi atingido, matando, ferindo e libertando alguns animais, inclusive 4 leões.

Aqui, temos uma história de ficção, Leões de Bagdá (Pride of Baghdad 2006), publicada no Brasil em 2008 e uma edição de luxo em 2018, publicada pela Panini.

Leões de Bagdá conta esse acontecimento, com olhos mais sensíveis e acompanhamos uma aventura de descobertas nas mãos de Brian K. Vaughan e Niko Henrichon.



A arte de Leões de Bagdá por Niko Henrichon

Desenhada por Niko Henrichon, esse quadrinho, acompanha de forma a trajetória desse animais em seu último dia de cativeiro rumo a liberdade.

Os desenhos de Henrichon trabalham com uma textura que faz sua arte parecer tangível, o leitor consegue sentir o clima, o ambiente, por vezes, os tons avermelhados dão a sensação de poeira no ar, e as páginas com tons esverdeados, aquele alívio de ar puro, nós levando a sentir o que os leões sentem.

Essa e outra característica interessante no traço de Niko Henrichon, que em alguns momentos pode parecer, na minha visão leiga, mal finalizada, mas mesmo assim é  muito expressiva.

Conseguimos identificar cada personagem dentro da história, e a expressão fácil, mesmo em feras como leões, macacos, servos, ursos e pássaros, é tão emocional, é possível entender, raiva, medo, e felicidade naqueles animais.



Brian K. Vaughan faz um épico em Os Leões de Bagdá 


Na história escrita por Vaughan, vemos os leões planejarem sua liberdade, onde o acaso (e o caos da guerra) providenciou um caminho.

Os 4 leões, percorrem uma cidade devastada, abandonada pelos humanos que acaba se tornando a savana quase selvagem para aqueles animais.

Lemos e entendemos as preocupações, os desejos e as angústias deles.

Brian K. Vaughan conta uma história de descoberta, sobrevivência e liberdade, com a habilidade que já é conhecida.


Leões de Bagdá, pintura e poema para a Liberdade


Esses dois artistas nos levam por cada página, como uma pintura e um poema selvagem, rumo ao horizonte, a liberdade.

Assim como o início da história, temos os fatos, e o desenvolvimento são apenas suposição literárias e poéticas, no encerramento desta aventura tudo nos é mostrado. 

A realidade como é, e não como gostaríamos que fosse.

Mas aqui não vou dar mais Spoilers, se te bateu a curiosidade sobre a HQ aconselho que vá ler, pois essa Leões de Bagdá é um daqueles Gibis que justificam as Histórias em Quadrinhos serem chamadas de 9° Arte.







terça-feira, 31 de maio de 2022

segunda-feira, 30 de maio de 2022

Café com Gibi 67: Expectativas S4 True Detective


 Nesse episódio:

Lucas e Giovanni revelam suas expectativas sobre a nova temporada de True Detective.

Siga o Oldie Nerd nas redes:
INSTAGRAM:




  

Aí nerds malditos, gostou?

Então...

...Não esquece de comentar em algum lugar pra gente saber que tem alguém escutando essa bagaça, seu vagabundo.