6 CURIOSIDADES DO SUPERMAN



"É um pássaro, é um avião, não, é o Super Herói mais conhecido de todos os tempos."Aqui, nesta matéria, vai 6 curiosidades sobre o maior ícone dos quadrinhos que talvez tu já saiba, ou não.



Desenhado por Curt Swan
Muitos heróis ficam marcados por algum artista em específico, devido a grande relação e sucesso que atingiram em conjunto, mas poucos personagens ficaram tão vinculados a uma visão artística quanto o Superman ficou com Curt Swan. O artista que ficou à cargo do herói durante mais de 30 anos e  fez com que sua imagem, principalmente o rosto do herói, ficasse eternizada de tal maneira que outros artistas são instruídos a seguir a simetria de Swan nesse quesito, e quando não o fazem muitas vezes são  redesenhados, como o próprio Kirby chegou a ser em seu período com o escoteiro, ou duramente criticados, como o caso mais recente de John Romita Jr.



A 1° origem
Embora muitos desconheçam, a primeira versão do Super, não é essa que conhecemos, e sim uma bem diferente. Chamada de "O Reino de Superman", mostra um humano com poderes telepáticos dominando a terra, a aparência do vilão é até bem semelhante a de Lex Luthor. Ainda sobre as primeiras versões, Kal-el não vinha de Krypton e sim da própria terra, só que centenas de anos do futuro.



Jerry Siegel e Joe Shuster vs DC
Os jovens Siegel e Shuster, entregaram quase que de graça todos os direitos do herói para a editora, sobre tudo, porque naquele tempo as leis sobre propriedade intelectual  nesse tipo de publicações eram um tanto obscuras e complicadas. Eles entraram na justiça contra a DC, luta essa que durou décadas. No fim dos anos 70 a DC finalmente concordou em creditar em todos as publicações a criação de ambos e pagar uma pensão vitalicia aos dois. Ainda hoje corre na justiça alguns processos referentes a royalties.



Versões
Como não poderia deixar de ser, como o herói mais iconográfico de todos os tempos, sempre tentaram faze novas versões para o herói, para renová-lo ou envergonhá-lo, ainda não sei. Desde versões diferentes da origem ou da dimensão dos poderes (vide a fase de Byrne) até os Supers do Retorno, e do super de mullet, passando pelo vergonhoso Superman elétrico, até o modernoso dos Novos 52. Não podemos esquecer é claro do comuna de Foice e Martelo.



Estréia
A grande estréia do herói foi na Action Comics #1, em 1938, vendeu mais de 1 milhão do copias e tornou-se um marco na história das HQs, tanto que iniciou a Era de Ouro dos quadrinhos. O que poucos sabem e que Shuster e Siegel penaram pra conseguir algum editor que aceitasse publicar o material. O que poucos sabem é que por um tempo não era Shuster (que havia desistido da parceria por um período) que estava  desenhando as historias e sim Russell Keaton,  renomado artista de Buck Rogers, que ao que parece, sempre "melava" as negociações  com  os editores. Porque ele fazia isso ninguém sabe.



O Superman de outras Editoras
Como tudo que faz sucesso é copiado, com o SUPER não poderia ser diferente e desde sempre as outras editoras tentaram pegar carona neste sucesso. Aqui vão alguns exemplos: Capitão Marvel, depois comprado pela DC. Miracleman que antes foi Marvelman, que passou pelas mãos de Allan Moore e Neil Gaiman. Hiperion membro da caricatura da Marvel para a Liga da Justiça. Apollo da StormWatch. Supreme do "gênio" Liefeld. O Samaritano de Astro City.

Postagem Relacionada

0 comentários: