6 RAZÕES PARA LER THOR DE SIMONSON





Thor foi criado em 1962 por Stan Lee e Jack Kirby e Larry Lieber (irmão de Stan) personagem mais do que clássico da Marvel, passou por altos e baixos, mas dentre todas as fases, com certeza a de Walter Simonson é a mais lembrada com carinho pelos fãs do loirão.


Peso na mitologia

Simonson trouxe de volta um dos principais diferenciais do personagem, a mitologia que lhe deu origem, talvez devido a sua formação ( paleontologia) e gosto pessoal, é nesse período que com certeza veio para estabelecer e mesmo, relembrar os leitores de toda as lendas e referências mitológicas que envolviam o herói asgardiano.


Bill Raio Beta


Foi nesse período que Walter deu vida a um dos personagens mais amados pelos fãs , o alienígena com cara de cavalo, que ganhou o direito de empunhar o seu  próprio martelo mágico (o rompe tormenta) depois de ganhar uma luta contra o poderoso Thor.


Arte e roteiro


Para exemplificar o talento de Simonson basta apenas lembrar que o artista não somente escrevia os roteiros como fazia toda a arte da histórias, inclusive a arte final ( em raras exceções, não fazia). O que com certeza era trabalhoso, mas deixavam as historias muito mais fluidas, tento em vista que desde a concepção em mente até o ultimo retoque vinha de uma só fonte. Isso ajudou a manter a consistência dessa fase do inicio  ao fim.


Adeus Donald Blake


Aqui também Odin livra Thor de sua "maldição" e ele perde sua contra parte mortal, sendo que agora não teria mais sua carcaça humana e vulnerável, mesmo assim Thor ainda opta por continuar tendo uma identidade secreta, e Nick Fury inclusive sugere "coloque esses óculos, funciona com o outro sujeito"  uma clara referência a Clark Kent (que chega a aparecer  nos quadros dessa sequência).


Paralelo com Lee/Kirby


Em muitos momentos do seu período em Thor podemos ver a forte influência do estilo desenvolvido nas décadas anteriores pela dupla Lee e Kirby, nas falas explicativas dos personagens sobre o que esta ocorrendo (marca forte no estilo de Lee) e os cenários gigantescos e alienígenas (marca de Kirby) só por isso toda a fase já merece uma atenção especial dos fãs.


Surtur

Se vamos falar da fase de Simonson não podemos deixar de destacar o seu ponto mais alto enquanto escreveu Thor, a saga de Surtur, épica no sentido mais amplo dessa palavra, desde seu inicio a fase de Simonson foi costurando elementos para chegar a esse grande arco. Reunindo tudo que tinha feito dos elementos mitológicos a aspectos heroicos da personalidade de Thor, tudo é combinado aqui de maneira magistral. A saga de Surtur até hoje pode ser considerada o melhor desse herói nos quadrinhos.

Se você ainda não leu a fase do Simonson escrevendo o deus asgardiano, saiba que não vai se arrepender, aqui são colocados os melhores aspectos do personagem em toda sua plenitude e possibilidades, das  mitologias à aventuras urbanas, do épico a aspectos humorísticos. Essa fase de Thor é uma daquelas que definem o personagem na cabeça dos fãs, e deve ser lida e relida muitas vezes, para nossa alegria.

0 comentários: