Músicas com uma Dose de Crítica

Nação Zumbi e Chico Science

Então queridos leitores ( hum!), Pra variar um pouco, resolvemos falar de música, mas e o que falar, aí veio a ideia: vamos fazer uma playlist com as 6 música com um dose de crítica social.

Essa é uma lista bem pessoal, pois todas são músicas que frequentemente tocam no nosso radinho aqui da redação...
Vamos as músicas.



Elza Soares e a Desigualdade Racial

Elza Soares Carne Negra Critica Social Racial Oldie Nerd

Elza Soares Carne

"A carne mais barata do mercado é a carne negra"
Ela mesma, interpreta uma música cheia de simbolismo, indicando em cada verso, o que uma era de escravidão pode transformar uma sociedade, que ainda hoje sofre.
O som é um misto de Hip-Hop, e um suingue, muito bom está música e as palavras ti fazem pensar.
"Que fez e faz história. Segurando esse país no braço. O cabra aqui não se sente revoltado. Porque o revólver já está engatilhado. E o vingador é lento. Mas muito bem intencionado. E esse país. Vai deixando todo mundo preto. E o cabelo esticado".
Um povo, como o brasileiro, tão misto, persiste numa prática, no mínimo, hedionda, que exclui seus semelhantes, e julga pela cor da pele.
Mas preferimos acreditar que essa bandeira ainda é levantada por uma minoria.


Nação Zumbi e o Sobe Desce da Cidade

Chico Science e Nação Zumbi A cidade critica social Oldie nerd

Chico Sience e Nação Zumbi A Cidade

"A cidade não para a cidade só cresce o de cima sobe e o de baixo desce."
Chico Science e a Nação Zumbi cantam o evidente desnível social, onde a distribuição de renda nos grandes centros, privilegiam os com mais condições enquanto quem constrói tudo ainda se mantem na base da piramide.
"A cidade e sua fama vai além dos mares. No meio da esperteza internacional. A cidade até que não está tão mal. E a situação sempre mais ou menos. Sempre uns com mais e outros com menos".
E esse é o ciclo das cidades.  


O Rappa e a realidade do político brasileiro

O Rappa e Bezerra da Silva Candidato Cao Oldie Nerd

o Rappa e Bezerra da Silva Candidato caô caô

"Ele subiu o morro sem gravata dizendo que gostava da raça..."
Banda regrava ao lado do mestre Bezerra da Silva, um clássico da música brasileira, que conta em versos, o triste perfil do político brasileiro.
E uma cultura de que nós, os brasileiros, não sabemos votar, ainda hoje se mostra real.
"Foi no meu barracão, e lá usou lata de goiabada como prato eu logo percebi é mais um candidato...".
Somando a ideia de que as vezes é necessário uma divindade para abrir os olhos do povo, que resolveria tudo hoje em dia.

"Nesse país que se divide em quem tem e quem não tem, sempre o sacrifício cai no braço operário.

Eu olho para um lado, eu olho para o outro, vejo desemprego e vejo quem manda no jogo.

E você vem, vem, pede mais de mim, diz que tudo mudou e agora vai ter fim, mas eu sei quem você é e ainda confio em mim.
Esse jogo é muito sujo mas eu não desisto assim ..."


Kussondulola e a Estupides Humana 

Kussondulola Chá de Cannabis Oldie nerd

Kussondulola Chá de Cannabis


"Babilônia, maltrata os seres humanos. Babilônia, até parecemos um engano".
Banda angolana, sediada em Portugal, que clama a paz para uma nação que vive sob a miséria e guerra.
"Não quero morrer em Angola, com arma de guerra na mão".
Os versos são repletos de termos que percorrem o cotidiano do africano e suas preocupações.
Quase todas as musicas nos levam ao dia-a-dia do povo e nos apresentam a algumas característica deles.


BNegão e a Dança do Brasileiro

A Verdadeira Dança do Patinho BNegão Seletores de Frequencia Oldie Nerd

BNegão e Seletores de Freqüência Dança do Patinho

"Pra você que acredita que nunca foi roubado".
Junto de sua banda, eles definem uma parte da nossa nação.
A cada frase apontam o dedo para um grupo específico de brasileiros, que ingenuamente se colocam a mercê da nossa casta política.
"Dá seu dinheiro pro pastor pra fazer sua fé valer".
Não há como não ouvir a musica e não se lembrar de algum vizinho.
"Você que paga seus impostos religiosamente, esperando algum dia uma aposentadoria decente. Você que acredita em alguma punição pros que roubam e colocam no… da população".
É fácil pra qualquer um de nós se encaixar em alguma destas situações.

Ultramen contra o Sacerdócio

ultramen confessionário Oldie Nerd

Ultramen Confessionário

"Padres pecadores perderam sua luz. Queimaram seu filme - sujaram de sangue a cruz".
Em um som, forte e gritante, mostram a frágil relação de confiança em alguém que deveria trazer alento.
"Padres pedófilos - cérebros caóticos. 
Mentes diabólicas a serviço de Satã".
Essa banda gaúcha traz a tona um problema que, num círculo vicioso, se repete e vive na mídia.
Não é nem uma questão religiosa mais, é um crime cometido através da confiança contra as crianças, e vemos isso se estender até assédios de médiuns e pastores e outras figuras, contra seu fiéis seguidores.


MC Garden e a Mãe Terra

MC Garden Pachamama Oldie Nerd

MC Garden Pachamama

"Veja como é linda essa floresta que nos serve, preserve o que ainda resta, antes que cheque o fim da festa em breve".
O rapper/Youtuber que tem o costume de misturar estilos, funck, rap, poesia e outros, levanta o questionamento sobre o que fazemos com a mãe das mães.
"La Pachamama me alimenta, la Madre terra me calienta".
Em uma música com uma boa pegada, nós lembra o que fazemos a cada dia com o nosso planeta.
"Homem cruel, com frieza por riqueza, desmatando a natureza e construindo arranha céu".
E parece que o humano nem se importa com as próximas gerações e em alguns casos com o seu próprio dia-a-dia.
Ele também tem outros sons, também nessa pegada critica, um  que cutuca aquela velha ferida, do Brasil, infectado com o político nacional. 

E ai, qual musica faltou na lista?
Compartilhe e comente.

0 comentários: