6 SUPER HERÓIS NACIONAIS

capitão 7 herói nacional

E ai pessoal do outro lado. Ta achando que só existe super heróis gringo, "ACHOU ERRADO OTÁRIO!, aqui na nossa terra também temos os nossos encapuzados. E aqui vai a minha lista.



Capitão 7
capitão 7 herói nacional

Criado para TV, em 1954, por Rubem Biafora e Ayres Campos. Para o gibi, Jayme Cortez, que criou Targo, um herói da selva, deu vida ao herói. Sua origem, Um casal ajuda um alienígena e em troca, ele leva e cuida do filho do casal, Carlos, em seu planeta, o sétimo  planeta, lá ele ganha poderes e retorna pra terra para ajudar a população. O personagem teve algumas evoluções deste sua  origem, aos poucos foi ganhando poderes. Sua origem contada na TV se repetiu nos gibis. Nas HQs, teve muitos desenhistas, entre eles, 
Júlio Shimamoto, criador de Fidêncio, O Gaúcho. Os roteiros, também havia alguns artistas, um deles era Gedeone Malagola, que tem em seu currículo, uma gama de personagens, um deles é o próprio Targo, junto de Cortez. Suas histórias alternavam entre perigos do espaço e a terra.


Capitão Ninja
capitão ninja herói nacional

Saído da mente de Marcelo Cassaro, que criou outros personagens que falaremos em outra ocasião, no ano de 1991, quando o mesmo escreveu um história onde o pequeno ninja de Tony Fernandes e Wanderley FelipeVanderfel’, encontra a sua criação. Personagem esse que já deu as caras em revistas de games, RPG (Dragão Brasil), estrelou sua própria revista, e já comandou uma equipe, a U.F.O. Team, onde ganhou uma profundidade maior, sendo um herói brincalhão para esconder algo a mais. Seu passado é um mistério assim como seu rosto, já que não tira a mascara para nada, nada mesmo. 
Bem humorado e folgado, lembra o Homem-Aranha nesse quesito, e o Deadpool. E agora pintou a dúvida será que o o capitão se inspirou no Wade ou foi o contrário?



Judoka
judoka herói nacional

Eita Ebal! Querida editora dos antigos com suas adaptações malucas e cores trocadas. Judoka foi um personagem livremente inspirado, no personagem gringo da Charlton (e depois da DC) Judô Master. Praticamente com a mesma origem e uniforme, apenas com a cores trocadas. O que acontece que a Ebal tinha os direitos de publicação do personagem da Charlton, mas a revista foi cancelada lá nos EUA, então a editora brazuca resolveu dar continuidade ela mesma, nas historias, aproveitando o personagem dessa maneira. Criação de Monteiro Filho e Pedro Anísio no ano 69.


Quebra Queixo
quebra queixo herói nacional

Criado por Marcelo campos teve sua estréia em 1992 na revista Pau Brasil. Quebra Queixo é um anti-herói barra pesada, que bate em todo mundo sem dó nem piedade pelas ruas da megalópole Nova Fronteira. Essas histórias são satíricas e bem humoradas, sem contar no alto grau de violência. 


O Doutrinador
o doutrinador herói nacional

Criado por Luciano Cunha, lançado primeiro nas redes sociais, esse anti-herói, logo ganhou sua versão impressa, além de uma historia escrita pelo musico Marcelo Yuka( O Rappa).
O doutrinador é muito parecido com o Justiceiro, mas onde poderia existir trauma, há indignação. 
Combatendo criminosos que prejudicam diretamente o povo, o politico corrupto. 
O filme já está em produção. 
Quer saber mais sobre este personagem? clique aqui


Raio Negro
raio negro herói nacional

Personagem criado aos moldes dos heróis da era de prata, tem no seu perfil, um pouco de outros personagens, como Ciclope no seu visual e Lanterna Verde no seu poder. Desenhado e escrito por Gedeone Malagola, que tem uma gama de personagens, no ano de 1966. Em sua origem, Roberto Sales, alter ego do Raio Negro, encontramos toda a origem do Lanterna Verde, anel, alienígena, piloto, trocando alguns nomes e a cor do artefato, mas isso provavelmente foi decorrido de alguma pressa em criar tal personagem. 


E qual outro personagem criado em terras tupiniquins vocês se lembram?
Comentem ai.

2 comentários:

  1. Targo não foi criado pelo Jayme Cortez, é provável que o criador seja o editor Eli Lacerda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela dica ai, vamos pesquisar pra corrigir a informação.
      Obrigado!

      Excluir