Trilogia Mazze Runner


Escrito por Flávio Victor

Bem hoje irei falar para vocês de uma historia que me surpreendeu desde o primeiro filme, que quando pensei em escrever sobre uma nova trilogia, jamais pensaria em escrever sobre ela, mas quando comecei a assistir, fiquei perplexo e quis ir até o fim para trazer para vocês a minha experiência dentro desses filmes.

A trilogia que veio para o cinema se deu graças aos livros escritos pelo autor James Dashner dentro de uma saga de seis livros: “Correr ou Morrer” (2009), “Prova de Fogo” (2010), “A Cura Mortal” (2011), “Ordem de Extermínio” (2012), “Arquivos” (2013), “O Código da Febre” (2016).
E devido ao sucesso que esses livros trouxeram, tiveram a ideia de trazer para os cinemas de todo o mundo em uma sequencia de filmes.

O diretor Wes Ball e o roteirista Noah Oppenheim pensaram em fazer um filme de sucesso e escolheram um elenco forte para tal feito, trazendo os atores Dylan O’Brien como Thomas, Thomas Sangster como Newt, Kaya Scolario como Teresa, Ki Hong Lee como Minho, Will Poutler como Gally, Patrícia Clarkson como Ava Paige, Aidan Gillen como Jason entre outros.

E deu certo, os filmes trouxeram uma energia para o cinema que fez cada filme ser mais elogiado que o outro, chegando há esse ano o ultimo filme com uma expectativa muito alta devido as histórias dos demais filmes e o desfecho final, começando em 2014 com “Mazze Runner: Correr ou Morrer”, logo em seguida em 2015 com “Mazze Runner Prova de Fogo” e agora em 2018 com “Mazze Runner A Cura Mortal” dando fim a trilogia com chave de ouro.


A historia se remete a um labirinto com diversos garotos que sobrevivem juntos sem saber o que esta acontecendo no mundo exterior que nesse momento esta dentro de uma crise mundial tendo um vírus a solta dizimando a população e cabe a alguns cientistas que se denominam CRUEL descobrir como parar, porém eles acabam usando esses garotos que parecem imunes como experimentos e tendo a morte de muitos, e durante mais de 3 anos tudo parece tranquilo, até a chegada de Thomas, que consegue em 3 dias mudar completamente a vida dentro do labirinto, porém todos os jovens não lembram de onde vieram e nem como chegaram até ali, e Thomas acaba tendo alguns sonhos lembrando como tudo isso começou e se vê na responsabilidade de sair daquele labirinto para viver sua própria vida.

Após batalhas incríveis, o publico começa a torcer para que eles consigam, porém sair do labirinto seria apenas o começo de toda uma trajetória desses jovens em busca de suas liberdades.

Então o filme acaba entregando um roteiro muito bom e bem feito com cenas de ação bem localizadas dentro da saga, momentos em que você precisa segurar para não chorar e até mesmo momentos que você quer bater em algumas pessoas do filme.

0 comentários: