Episódio 14 - O traço e o olhar sensível de Ana Paula Otero

 


O Coletive Som cruza fronteiras nesse episódio e vai até Portugal (via internet é claro) conversar com uma dos membros mais antigos do ColetiveArts, a ilustradora e escritora portuguesa Ana Paula Otero. 

Ana é natural de Lisboa, geminiana  do dia 10 de Junho de 1974. Desde muito cedo notou que o desenho era a sua forma de expressão preferida. A sua grande paixão sempre foram as artes, tendo estudado nessa área. Contudo, e devido à sua natureza multifacetada, acabou por formar-se em jornalismo. Dedica-se à ilustração desde 2013. Atua principalmente na área da ilustração infantil, embora não exclusivamente. Tem participado em exposições por todo o país (Portugal) e também no Brasil. Ilustrou vários livros infanto-juvenis. Integra alguns projeto culturais em Portugal (“Ajudaris”, “Recortar Palavras” e “Comunidade AEBA”), na Espanha (“Doñana Es Arte” e “Mis Maravillosos y Increíbles Cuentos”) e no Brasil (“ColetiveArts”). Além da ilustração, também é apaixonada pela escrita, dedicando-se especialmente ao público infanto-juvenil. Faz regularmente promoção de leitura, escrita criativa e artes plásticas, dinamizando workshops e ateliers, tendo sido também convidada a integrar concursos de leitura nacionais, na qualidade de júri. E é com essa alma sensível e inquieta que iremos conversar hoje. 

 
ANA PAULA OTERO

Edição: Luciano Xaba
Poesia: Cris Bastianello

Arte da capa: Jorginho
Produção: ColetiveArts e Oldie Nerd
Operador Técnico: Andreas Buhler
Galeria de Arte: Ana Paula Otero
Vídeo do Coletive: Patrícia Maciel
Para escutar episódios anteriores:



Galeria de Arte, Ana Paula Otero:


 






Vídeo do Coletive, Patrícia Maciel:




0 comentários: