Extraordinário, um filme tocante com Julia Roberts e Owen Wilson

Oldie nerd, extraordinário, review, cartaz, julia roberts, owen wilson
Texto de Henrique Resende publicitário e podcaster no Variações de um Nerd 

Extraordinário é um filme baseado no livro de R. J. Palacio, conta a história de um garoto com uma deformidade facial tendo que lidar com os desafios de sua nova rotina ao começar a frequentar a escola.

Dirigido por Stephen Chbosky que fez parte da produção de A bela e a Fera (2016) ele consegue tratar muito bem o lado emocional dessa história e também foi muito feliz na escolha do elenco.

Fazendo as interações entre os personagens tão marcantes que você nem percebe o tempo passar.

Elogiado por seu papel em O Quarto de Jack, Jacob Tremblay se saí espetacularmente bem como o menino Auggie, personagem central da história,  o menino com problemas congênitos que resolve colocar o mundo e a ele mesmo a prova.

Apesar da pouca idade, ele sabe quando é tratado com preconceito, mesmo quando isso não é feito de forma direta. As interações entre Tremblay e Julia Roberts, que faz a mãe do garoto, são as mais emocionantes de toda a produção.

O carismático pai de Auggie, interpretado por Owen Wilson, acaba ofuscado nessa relação, mas sempre apresentando o bom humor que lhe é característico.

Para os curiosos sobre a participação de Sônia Braga, a brasileira não aparece tanto, mas domina a tela quando surge como a avó materna do protagonista e demonstra muita emoção no dialogo com a Irmã do protagonista interpretada por Izabela Vidovic.

Na minha opinião o filme peca ao não dar mais espaço para os personagens secundários. 

Falando especificamente do personagem Auggie Pullman , ele sempre consegue demonstrar como toda dor e paixão que uma criança deslocada sofre. 

O bullyng praticado pelo jovem ator Bryce Gheisar é sempre forte e consegue demonstrar seus próprios sofrimentos familiares, a origem de seu comportamento agressivo. 

O final é previsível e correto demonstrando que apesar dos pesares a vida tende a lhe recompensar em algum momento.


Bem meus queridos, esse filme me faz pensar um pouco nas relações que podemos ter com nossos familiares que sempre estarão conosco nas piores situações. 

Nota Final: 7,5

0 comentários: