ANIMAIS NOTURNOS, VOLDEMORT E ABUTRE

Texto de Lucas Pacheco
Nerd, videomaker, editor de podcasts e as vezes escritor


  Nessa semana trago dois filmes maravilhosos do Jake meu amor Gyllenhaal e uma merda de filme do Harry Potter, mals aí pela sinceridade mas é bem merda mesmo...



Animais Noturnos

 Filme dilacerante e visceral protagonizado por Amy Adams e Jake Gyllenhaal é maravilhoso.
 Na trama Amy Adams é uma socialite que tem uma vida miserável. Ela recebe um livro de seu ex-marido, Jake. O livro se chama Animais Noturnos, um apelido que ele a chamava, fazendo entender que o livro é sobre ela.
 O longa é apresentado de três formas. Flashbacks que contam a relação dela com Jake e de como essa relação terminou sofrida, a realidade atual, onde ela vive uma vida triste e a história do livro dele, que cria uma metáfora em cima de tudo isso.
 A história é esmagadora e crua, causando uma certa repulsa em pessoas de estômago fraco.
 A atuação de Jake e Amy é maravilhosa mas Aaron Johnson destrói como um Redneck nojento que antagoniza na ficção.
Não posso dar menos para essa obra.
5/5.



Voldemort e a Origem do Herdeiro


  Fan-Film sem ligação nenhuma com os Estúdios da Warner e com a escritora J.k Rowling prometeu muito e infelizmente não cumpriu.
  Fiquei na ansiedade desde que vi a primeira imagem promocional e fiquei pasmo ao ver o quão ruim é a qualidade. 
  Não me refiro estritamente à efeitos especiais (Já vi Short movies e FanFilms de excelente qualidade visual) e também atuações (que inclusive são péssimas no nivel 3%). 
  Me refiro ao ponto crucial que faz de um filme excelente ou terrível: Roteiro.
  Temos uma nova "velha" história sendo apresentada. Os quatro herdeiros das casas de Hogwarts se unem. Até ai tudo bem. O filme se dividi em dois momentos, trabalhando com flashbacks para contar a história. 
  Assistimos coisas que já sabemos, e somos entregues à uma tonelada de referência, mas tudo isso sem apego algum.
  Personagens rasos, um agente russo Badass que cai no papo de uma Auror de 2a classe, um Tom que entrega todos seus planos para todos dispostos à ouvir. Ele não é assim, é metódico, calculista.
  Péssimo curta. Assista "Snape vs os Marotos" ou "O bem maior" que irá ter uma experiência muito superior.
  Esse filme é a prova de que um bom marketing vende tudo.
1/5.

O Abutre

 Outro com Jake Gyllenhaal, o abutre faz uma crítica a mídia que se baseia em tragédia.
Na trama, Louis (Jake) se vê com dificuldades de conseguir um emprego então decidi virar fotográfo de acidentes.  Ele entra tão profundamente nessa vida que se torna viciado em procurar e fotografar cenas mais horrorosas e que valha a pena ser vendida. Lembrando muito Táxi Driver, temos um protagonista perdido que procura um norte para sua vida.  Jake se supera nesse filme, tendo perdido muito peso para fazer com que Louis se parecesse com um coiote, sempre sedento por sangue e até se cortando em uma incrível cena de loucura explodida em frente ao espelho.4/5.

2 comentários:

  1. Animais Noturnos foi excelente, estes tipos de filmes são dos meus preferidos, por que me diverte por um tempo. O personagem de Michael Shannon é o melhor, ele fez um ótimo trabalho. Eu vi que seu próximo projeto, Fahrenheit 451 será lançado em breve. Acho que será ótimo! Adoro ler livros, cada um é diferente na narrativa e nos personagens, é bom que cada vez mais diretores e atores se aventurem a realizar filmes baseados em livros. Acho que Fahrenheit 451 sera excelente! Se tornou em uma das minhas histórias preferidas desde que li o livro, quando soube que seria adaptado a um filme, fiquei na dúvida se eu a desfrutaria tanto como na versão impressa. Acabo de ver o trailer da adaptação do livro, na verdade parece muito boa, li o livro faz um tempo, mas acho que terei que ler novamente, para não perder nenhum detalhe. Sera um dos melhores filmes de ficção acho que é uma boa idéia fazer este tipo de adaptações cinematográficas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, que venha esses e outros projetos deste tipo, Ana eu nem sabia desse novo Fahrenheit 451, mas se eu não me engano o livro ja foi adaptado na década de 70, dá uma procurada por que ouvi falar maravilhas sobre ele. E em tempo, desculpa a demora pra responder, o blog estava dando problemas no código e estava bugando os coments.

      Excluir